top of page

Minas Gerais fracassa em Programa de Destinos Turísticos Inteligentes 2023 do MTUR

Minas Gerais, com seus 853 municípios tem apenas um município habilitado na primeira fase do Programa Destinos Turísticos Inteligentes do Ministério do Turismo : O que isso significa para o turismo do Estado?

Com mais de 5.500 municípios espalhados pelo Brasil, o turismo é um dos setores mais importantes para a economia do país. Com o objetivo de fomentar ainda mais essa indústria, o Ministério do Turismo (MTur) divulgou nesta terça-feira (09.05) a lista dos municípios habilitados a participarem da estratégia de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI).


Essa iniciativa oferece consultoria para realização de diagnósticos e auxílio na construção de um plano de transformação, além de apoiar no planejamento de um sistema de gestão de Destinos Turísticos Inteligentes. Essa é uma excelente oportunidade para que as cidades selecionadas possam aprimorar sua infraestrutura turística e se destacar no mercado.


Para serem elegíveis para a estratégia de DTI, os municípios precisavam estar nas categorias A e B do Mapa do Turismo Brasileiro de 2022, do Programa de Regionalização do Turismo, e também deveriam apresentar cinco documentos obrigatórios.


Nessa primeira etapa, 42 municípios foram habilitados para participar da estratégia de DTI, mas apenas 10 serão selecionados. Os destinos que não foram escolhidos terão até o dia 12 de maio para encaminhar recurso administrativo. A Comissão, formada por integrantes do MTur, da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), será responsável por analisar os recursos e definir quais cidades passarão para a próxima etapa.


Das 42 duas cidades habilitadas nesta fase apenas uma cidade é do Estado de Minas Gerais, Pouso Alegre.


Este fato pode nos levar a refletir que o Estado precisa se esforçar mais para desenvolver sua infraestrutura turística e aprimorar seus planos de gestão, para que mais municípios possam ser habilitados em futuras edições do programa.


Essa iniciativa do MTur é uma excelente oportunidade para que as cidades brasileiras possam se destacar no mercado turístico e oferecer aos visitantes uma experiência única e inesquecível.


O turismo é uma das principais fontes de renda do país e é importante que os governos municipais e estaduais invistam nesse setor para continuar crescendo e gerando empregos e renda para a população.


A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, destaca que o DTI é uma ação que transformará realidades, conferindo mais competitividade aos destinos turísticos por meio do fortalecimento de eixos estruturantes que se relacionam com o turismo, como acessibilidade, sustentabilidade e inovação. É mais investimento no turismo do nosso Brasil.


Para conferir a lista dos 42 municípios classificados na primeira etapa, baixe o documento no link abaixo.

Edital_01.2023_DTI_Brasil_ResultadoHabilitao_Publicao_Site
.pdf
Download PDF • 137KB

תגובות


bottom of page